5 dicas de registro de marca que você precisa saber

Não há como fugir da alta competitividade quando se entra no mundo dos negócios. Não importa qual a atividade da sua empresa. Se você tem uma para gerir, terá de buscar diferenciais competitivos. E um deles, certamente, é o registro de marca.

Essa é uma das coisas mais importantes para quem tem um negócio. Por isso, vamos esmiuçar neste post 5 dicas de registro de marca para você ter uma ideia de como alcançar a titularidade sobre este importante ativo intangível.

Para começar, é essencial entender a importância para qualquer empreendedor conseguir o registro junto ao INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Então, antes mesmo de falar sobre as dicas de registro de marca, vamos explicar por que esse procedimento é crucial para o sucesso do seu negócio.

Com a proteção da marca no INPI, você garante a singularidade e o reconhecimento da sua empresa no mercado, além de direitos exclusivos de uso e exploração comercial deste ativo. 

Se você está ansioso (a) pelas dicas de registro de marca, certamente já sabe que esse procedimento dá à sua empresa o direito de utilizar de forma exclusiva um nome, símbolo, desenho ou qualquer outro sinal que a identifique perante o público. 

Ou seja, sua empresa vai consolidar a presença no mercado e resguardar o valor agregado aos seus serviços ou produtos. Dito isso, vamos direto para as 5 dicas de registro de marca que você precisa conhecer antes de buscar seus direitos de uso e exploração exclusivos.

5 dicas de registro de marca que você precisa saber

As dicas de registro de marca no INPI que vamos apresentar agora são estratégias fundamentais para garantir que o processo seja conduzido de maneira sólida, estruturada e eficaz. 

Na prática, elas podem proporcionar uma base para o sucesso e a proteção da marca no atual cenário empresarial, que é extremamente competitivo. Então, confira as 5 dicas de registro de marca que vão refinar sua visão sobre o tema:

1. Escolha a marca com sabedoria e evite o comum

A primeira das dicas de registro de marca é selecionar um nome, desenho, símbolo ou qualquer outro sinal que seja diferente do convencional. Isso é muito importante para o futuro do processo no INPI.

Nomes meramente descritivos ou comuns devem ser evitados, pois o INPI tende a recusar marcas que precisem de mais alguma diferenciação. Entendeu por que essa é uma das dicas de registro de marca mais relevantes?

A escolha de uma marca única é essencial para todo o processo porque qualquer semelhança com outro registro no mesmo segmento empresarial pode gerar confusão para o consumidor. E os examinadores do INPI são muito rigorosos em relação a isso.

2. Realize uma busca prévia

Depois que você escolher qual será a sua marca, ainda precisa ter calma para fazer o pedido de registro. Antes de dar entrada no processo, é prudente realizar uma busca prévia no banco de dados do INPI para verificar se a marca desejada já está registrada ou solicitada por terceiros. 

Preste muita atenção, pois essa é uma das dicas de registro de marca que não pode ser esquecida. Essa etapa é crucial para identificar potenciais conflitos de registro e ajustar a escolha da marca, caso necessário, reduzindo, assim, o risco de rejeição durante o processo.

3. Apresente o pedido ao INPI de forma impecável

Quando chegar o momento de fazer o depósito no INPI, é crucial se concentrar em todos os detalhes e atender às exigências protocolares. Desta maneira, elabore cuidadosamente toda a documentação, que inclui formulários de solicitação, informações detalhadas sobre a marca, e, dependendo do caso, evidências de uso da marca. 

Lembra que explicamos no início do post que essas dicas de registro de marca poderiam refinar sua visão sobre o processo? Então, é fundamental preencher todos os dados corretamente, evitando erros que possam atrasar ou impedir o registro.

Por exemplo, a escolha equivocada da classificação da marca certamente vai levar ao fracasso do processo. A classificação determina os produtos ou serviços associados à marca. É importante identificá-la corretamente descrevendo exatamente a atividade do seu negócio. Siga a leitura porque ainda tem mais dicas de registro de marca importantíssimas.

4. Monitore o processo no INPI

Após submeter a solicitação, acompanhe regularmente as atualizações da Revista da Propriedade Industrial (RPI), informativo eletrônico divulgado no site do INPI. Esteja preparado para responder a quaisquer exigências ou objeções apresentadas pelo instituto. 

Essa é considerada uma das principais dicas de registro de marca e você deve ficar atento aos prazos. Também é importante manter seus dados cadastrais atualizados para garantir que todas as comunicações sejam recebidas corretamente.

5. Procure um suporte especializado em propriedade intelectual

O universo da propriedade intelectual é muito complexo. No caso do registro de marcas, essa complexidade pode aumentar o risco de cometer erros. Por isso, é recomendado procurar um suporte profissional especializado em propriedade industrial.

Qualquer equívoco em uma das etapas do processo pode representar o indeferimento do registro. Com isso, além do prejuízo financeiro, você ainda terá a frustração de não conseguir a exclusividade sobre a sua marca.

Percebe como essa é uma das dicas de registro de marca que não podem ser ignoradas de jeito nenhum? Contar com a assistência profissional é essencial não apenas pelo conhecimento técnico de todo o processo, mas também pela experiência para determinar qual a melhor estratégia a seguir desde as primeiras etapas do registro.

Como escolher uma assessoria profissional para o registro de marca

Bom, agora que você já mergulhou nestas importantes dicas de registro de marca, fica uma pergunta no ar: como escolher o melhor suporte profissional para garantir direitos exclusivos e proteger seu ativo mais importante?

Primeiramente, é recomendável procurar por uma assessoria que tenha credibilidade e expertise em propriedade intelectual. Verifique o histórico da empresa, incluindo casos de sucesso, tempo de atuação no mercado e reputação.

Além disso, avalie a capacidade da equipe em oferecer um serviço personalizado e focado nas suas necessidades específicas. A comunicação clara e eficiente é outro ponto relevante: o suporte escolhido deve estar aberto para esclarecer dúvidas e manter o cliente informado sobre cada etapa do processo, como deixamos claro nas dicas de registro de marca.

VILAGE Marcas e Patentes: veja por que é a melhor opção

Ao buscar um suporte profissional para o registro de marca, você certamente vai querer a experiência e a credibilidade de uma empresa sólida. Então, a VILAGE Marcas e Patentes tem tudo que seu negócio precisa para colocar em prática as dicas de registro de marca que citamos acima e muito mais.

Com mais de 37 anos no mercado, nossa assessoria consolidou-se como referência em soluções de propriedade intelectual no Brasil, EUA, Alemanha e China. Essa extensa trajetória garante não apenas conhecimento aprofundado, mas também uma compreensão refinada das nuances da propriedade intelectual. Mais do que as dicas de registro de marca que você viu neste post, oferecemos um suporte diferenciado, focado na personalização do atendimento. Entre em contato conosco pelo WhatsApp 0800 703 9009 ou envie uma mensagem agora mesmo.

Seja Nosso Parceiro

Realizamos parcerias com Escritórios Contábeis, Associações Comerciais, Agências de Marketing e Publicidade, Parques Tecnológicos, Hubs de Inovação, entre outros. Conheça nossa proposta de trabalho.