Blog VILAGE

Como saber se uma marca está registrada?

Como saber se uma marca é registrada

O registro de marca é crucial para garantir mais proteção e legitimidade ao negócio, por isso, se você está abrindo uma empresa já deve ter feito essa pergunta: como é possível saber se uma marca é registrada? Vale a pena arriscar e já entrar com um pedido assim que tiver definido a marca?

A resposta é: não vale. Se você tentar registrar uma marca que já existe, sem dúvida alguma terá seu pedido negado. Ou seja, você vai perder tempo (e dinheiro!) com o processo e mais tempo ainda para criar uma nova identidade e solicitar um novo registro.

Então, antes de dar os primeiros passos para registrar sua marca, tenha certeza. Continue lendo este post e entenda como saber se uma marca é registrada ou não.

Como funciona o registro de marcas?

Nós já falarmos aqui, em outro post, sobre como funciona o registro de marcas. A solicitação é feita junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), um processo que envolve diversas etapas, todas fundamentais para assegurar que ninguém usará sua marca sem permissão.

No entanto, justamente por todos esses detalhes que fazem parte do processo, o melhor caminho é contar com um profissional preparado para orientar e evitar que até mesmo o menor equívoco atrapalhe o registro e faça você perder tempo e dinheiro.

Ok, por onde eu posso começar?

Um dos erros mais comuns de quem tenta registrar uma marca por conta própria é entrar com um pedido sem realizar uma pesquisa prévia – este é o primeiro passo: pesquisar. O próprio INPI oferece um serviço gratuito para este tipo de pesquisa. Assim, ao clicar nele, você pode procurar por marcas, inclusive de maneira fonética. Porém, é preciso saber também como pesquisar da melhor forma possível. Somente um bom profissional saberá usar variações, prefixos e processos específicos para não deixar nenhuma dúvida se o nome da empresa está liberado.

Mas existe outro problema: saber interpretar o resultado da pesquisa. Não entender todos os resultados que a pesquisa traz pode resultar em enormes prejuízos financeiros. Infelizmente, é comum encontrar empresas que foram notificadas por usarem marcas registradas por terceiros, mesmo com seus pedidos requeridos no INPI. Isso pode acontecer em função de falhas no momento da pesquisa ou da intepretação da mesma.

Registro na junta comercial

Ainda se faz confusão com isso: se você já fez um registro da sua empresa na junta comercial saiba que esse registro não tem qualquer ligação ou protege a marca. É isso mesmo, tanto o registro na junta comercial quanto o registro de marca são essenciais para a existência da sua empresa, mas tem funções completamente diferentes.

Nós já explicamos isso em outro post (leia aqui!), mas o que você precisa saber, agora, é que apesar de obrigatório o registro da junta comercial não impede que sua marca seja plagiada porque este tipo de registro determina apenas o seu “nome fantasia”, ou seja, o “nome legal” do seu negócio.

Além da pesquisa de marca registrada, um especialista também vai poder orientar você neste sentido, e mais, vai cuidar da definição de classe de registro, levantar documentos e dar entrada no processo e pagamento de GRU (Guia de Recolhimento da União), acompanhando constantemente todo o processo até emissão do parecer do INPI.

E se minha marca já foi registrada?

Neste caso, infelizmente, você vai precisar escolher uma nova opção. Mas até nisso um bom especialista poderá ajudar. Na VILAGE, por exemplo, você encontra uma lista de marcas já registradas e disponíveis para compra. Desta forma, você “pula” a etapa do pedido de registro e pode investir em uma marca já registrada  pelo INPI, sem correr riscos.

Não corra riscos, busque ajuda especializada

Cada detalhe é crucial, e por isso, é tão importante contar com alguém que realmente conhece profundamente o assunto. Além de evitar erros, uma empresa especializada também pode dar todo o apoio necessário para agilizar o que for preciso e garantir mais eficiência no seu processo. Não vale a pena correr riscos, acredite. É o famoso “barato que sai caro”.

Na VILAGE, temos um time de especialistas prontos para realizar pesquisas, requerer, monitorar e proteger as marcas de nossos Clientes. Além disso, atuamos junto ao INPI para levantar marcas que já foram depositadas, registradas ou que ainda estão em fase de registro. Ou seja, se alguém estiver usando sua marca, nós encontramos!

Aliás, se você ainda ficou com alguma dúvida sobre o registro da sua marca, pode falar com um de nossos especialistas. Quer saber se sua marca já foi registrada ou escolher uma marca disponível para compra? É só falar com a gente. Clique aqui para conversar com um de nossos consultores e tire todas as suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *