Blog

Startup: conceito empresarial de inovação, negócios e ideias de sucesso

Como proteger a inovação, criações intelectuais e a marca de uma Startup em um mercado cada vez mais agressivo e competitivo

Já falamos muitas vezes aqui sobre a importância de proteger o patrimônio intelectual da empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. O registro de marca e/ou patente deve ser considerado um fator primordial para alavancar o crescimento da empresa, e, consequentemente, o seu valor patrimonial. Em um mercado competitivo torna-se arriscado deixar de lado a proteção da identidade da empresa, levando em consideração fatores como concorrência e qualidade, responsáveis pela fidelização e conquista do cliente.

Ultimamente, as empresas da categoria “Startup” tem tido um grande destaque no mercado devido ao perfil inovador, com altas taxas de crescimento e lucratividade. Esse conceito de empresa se tornou uma fórmula eficaz para atrair investidores para novos negócios.

O que é uma Startup? 

De acordo com a definição do Sebrae, considera-se uma startup a empresa de pequeno porte, recém-criada ou ainda em fase de constituição, com atividades ligadas à pesquisa e desenvolvimento de idéias inovadoras, cujos custos de manutenção sejam baixos e ofereçam a possibilidade de rápida e consistente geração de lucros. Além disso, o negócio desenvolvido pela startup deve ser viável, ou seja, que ele será não só sustentável, mas que apresente também potencial de sucesso.

Startup também é empresa e deve proteger a marca/patente

A Startup precisa ter um nome e uma identidade no mercado, certo? Logo, a marca, logotipo e patentes/software de criação própria devem ser protegidos no Brasil de acordo com a Lei de Propridade Intelectual  e, dependendo da visão empreendedora, também no exterior. A regra sobre os processos de registro de marca/patente é a mesma. É preciso escolher um nome/logotipo que não seja usado por terceiros no mesmo ramo de atividade. O primeiro passo, é a pesquisa de marca. Se disponível, pode-se solicitar o pedido junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) – Veja aqui as fases do processo de marca.

Investimentos em Propriedade Intelectual para Startup

Por tratar-se de empresa de pequeno porte, a Startup se encaixa perfeitamente no incentivo e descontos das taxas por parte do INPI para o registro de marcas e patentes. As taxas correspondentes à  fase inicial de um pedido de registro, para pessoas físicas, microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte são 60% menores.

Além disso, proteger a empresa desde o início pode assegurar ainda mais os investimentos, já que a maioria das Startups são ligadas ao ramo de tecnologia e inovação. Assim como qualquer outra empresa, o registro da marca e a proteção das criações intelectuais devem ser levadas em consideração, visando o crescimento econômico e mercadológico.

Dúvidas? Entre em contato com a Vilage para receber orientações sobre registro de marcas e patentes para startup – 0800 703 9009.

6 Responses

  1. Olá, tudo bem? Parabéns pelo post. COm dicas muito boas para quem está abrindo uma startup, como é o meu caso.

    Um abs!

    Israel Degasperi

    1. Olá Israel, tudo bem?
      Esperamos que a nossa informação tenha sido útil para você. A nossa equipe está à disposição caso precise de consultoria sobre Propriedade Intelectual ou mesmo tirar dúvidas sobre registro de marcas e patentes. Conte conosco! 🙂

  2. Prezados,
    Trabalho com café (classificação e degustação, compra dos grãos, torrefação, embalagem e venda do produto final, além de aluguel de máquinas de espresso, etc.) e gostaria de saber como posso desenvolver minhas atividades dentro desse conceito de “Start Up”? Ainda não entendi muito bem como funciona esse processo, enfim. Grato,
    Silveira

    1. Olá Silveira,

      Uma startup seria uma empresa de pequeno porte, recém-criada ou ainda em fase de constituição, com atividades ligadas à pesquisa e desenvolvimento de idéias inovadoras, cujos custos de manutenção sejam baixos e ofereçam a possibilidade de rápida e consistente geração de lucros. O Sebrae possui informações sobre este tipo de empresas: http://www.mundosebrae.com.br/2011/01/o-que-e-uma-startup/ e também presta consultoria aos empreendedores.

      Esperamos ter contribuído.
      Abraços!

    1. Rodrigo, nós que agradecemos! Já sabe que pode contar conosco, certo? 😉
      Abraços.
      Equipe Vilage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias
Arquivos
Últimas notícias